EDUCAÇÃO INCLUSIVA, GESTÃO ESCOLAR E PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO: INTERDEPENDÊNCIAS MOBILIZADAS PARA A PROMOÇÃO DA INCLUSÃO ESCOLAR

Amós Santos Silva, Orquídea Maria de Souza Guimarães Paulino

Resumo


O presente artigo visa discutir acerca do papel da gestão na promoção da inclusão escolar no ensino público. Objetivou-se analisar a relação entre a atuação da gestão escolar e a implantação de uma cultura escolar inclusiva, concomitantemente que se discute acerca da elaboração de um Projeto Político Pedagógico que considere novas práticas pedagógicas para esses sujeitos, isto feito na efetuação de projetos de educação inclusiva como o Atendimento Educacional Especializado. Realizou-se um estudo de campo em uma escola municipal na cidade de Caruaru-PE na qual os dados foram coletados por meio da observação, conversas informais, e análise do Projeto Político e Pedagógico e Regimento interno da escola, ancorando-nos na análise de conteúdo. Como resultado evidenciou-se que a gestão da escola não tem suas propostas de inclusão apenas nos papéis e documentos legais da mesma, porém atua pedagogicamente proporcionando a esses alunos uma educação de qualidade e que respeitas as diferenças.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Etnografia da Prática Escolar. Campinas, 1995.

BRASIL. LDB: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: lei nº 9.394de 20 de dezembro de 1996 – 5 ed. – Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação Edições Câmara, 2010. Disponível em:. Acesso em: 10 de maio 2016.

BRASIL. Decreto nº 6.571, de 17 de setembro de 2008b. Dispõe sobre o atendimento educacional especializado, regulamenta o parágrafo único do Art. 60 da Lei n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e acrescenta dispositivos ao Decreto n º 6.253, de 13 de novembro de 2007. Disponível em: http://www.planalto.gov.br.

BRASIL. Lei n° 10.845, de 5 de março de 2004. Institui o Programa de Complementação ao Atendimento Educacional Especializado às Pessoas Portadoras de Deficiência e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004- 2006/2004/lei/l10.845.htm>

CARVALHO, Rosita Edler. Removendo Barreiras para a Aprendizagem, editora mediação, 1937.

CARVALHO, Rosita Edler. Escola Inclusiva, a reorganização do trabalho pedagógico, editora mediação, 1937.

EDUCAÇÃO, Ministério. Secretaria de Educação a Distância. Educação Especial: tendências atuais, salto para o futuro. Brasília, 1999.

GIL, Antônio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisar. São Paulo, 2002.

JOVER, Ana. Preparando a Escola Inclusiva. In: Revista Nova Escola. Editora Abril, nº123,1999.

LIBÂNEO, José Carlos; OLIVEIRA, João Ferreira de; TOSCHI, MirzaSeabra. Educação escolar, políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2003. (Coleção Docência em Formação).

MACHADO, Rosângela, Educação Especial na Escola Inclusiva: Políticas, Paradigmas e Práticas, Cortez editora, 1967.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. A Integração de Pessoas com Deficiência: contribuições para uma reflexão sobre o tema. São Paulo: Memnon. Editora SENAC, 1997.

PARO, V. H. Administração escolar: introdução crítica. 16. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

RODRIGUES, David (Org.). Inclusão e Educação: Doze olhares sobre a educação inclusiva. São Paulo: Summus, 2006.

SAGE, Daniel D. Estratégias administrativas para a realização do ensino inclusivo. In: STAINBACK, Susan; STAINBACK William (Orgs.). Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Educação básica: Projeto politico-pedagógico; Educação Superior; Projeto politico-pedagógico. Campinas, SP: Papirus, 2004.

WERNECK, Cláudia. Ninguém Mais Vai Ser Bonzinho na Sociedade Inclusiva. Rio de Janeiro, WVA, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REIN - REVISTA EDUCAÇÃO INCLUSIVA ESTÉ INDEXADA EM:

LATINDEX

ACTUALIDAD IBEROAMERICANA