ENSINAR E APRENDER NO PROEJA COM O USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS

Haroldo de Vasconcelos Bentes, Haroldo de Vasconcelos Bentes

Resumo


Resumo: o artigo identifica as intervenções docente e instrucional na turma de dependência no Curso de Mecânica-PROEJA no Ensino Médio Integrado, com o uso de tecnologias digitais. O problema de pesquisa: as tecnologias digitais favorecem ensinar e aprender no PROEJA?  A metodologia de pesquisa interventiva qualitativa identificou estratégias didático-metodológicas como fatores positivos de aprendizagem. No âmbito da intervenção práticas inovadoras que configuraram domínios técnico-tecnológicos com o AutoCAD e mudanças de comportamentos de alunos e professores. Quanto aos achados, evidências de que, em geral, os níveis de curiosidade dos alunos são moderados com relação ao uso das tecnologias no processo de ensinar e aprender; quanto às contribuições do uso das tecnologias, impactos positivos na autoestima e motivação dos discentes adultos quando tratados de maneira respeitosa frente aos seus objetivos reais. 

 Palavras-chave: Ensinar e aprender; PROEJA; Tecnologias digitais; AutoCAD


Texto completo:

PDF

Referências


Bardin, L (1977). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 1977.

Autor 1, (2013).

Borges, Neto, H. et al (1998). O Ensino de matemática assistido por computador nos cursos de pedagogia. In. Encontro de Pesquisa Educacional do Nordeste, 13, Natal, RN. Anais. Natal, RN: Editora UFRN, p. 147-158

Coimbra, C.M. B (1995). Os Caminhos de Lapassade e da Análise Institucional: uma Empresa Possível. Revista do Departamento de Psicologia da UFF, vol 7, nº 1, pp. 52-80. Disponível em: http://scielo.bvs-psi.org.br – acesso 20/02/2018, 12h

Freire, Paulo (1983). Pedagogia do oprimido, 13ª. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REIN - REVISTA EDUCAÇÃO INCLUSIVA ESTÉ INDEXADA EM:

LATINDEX

ACTUALIDAD IBEROAMERICANA