Produtividade das cultivares de gergelim de frutos semi-indeiscentes e indeiscentes

Stefânia Morais Pinto, Augusto Lima Diniz, Nair Helena Castro Arriel, Franciscleudo Bezerra da Costa

Resumo


O gergelim apresenta fácil adaptabilidade às condições semi-áridas de diversas partes do mundo. Devido às excelentes qualidades nutricionais dos seus grãos, com cerca de 50% de óleo e 20% de proteína, configura-se com grande potencial econômico para uso alimentar e industrial. O rendimento médio mundial ainda é baixo, 420,95 kg/ha, em comparação ao potencial da cultura que pode chegar a até 2000 kg/ha. Dentre os principais fatores que influenciam a baixa produtividade do gergelim, estão as perdas de sementes que podem chegar até 70% devido a deiscência dos frutos após a maturação fisiológica. Este trabalho tem por objetivo avaliar o desempenho produtivo de linhagens de gergelim com características de frutos indeiscentes e semi-indeiscentes. Para tanto, onze linhagens de gergelim foram conduzidas em delineamento de blocos casualizados com três repetições para avaliação do seu desempenho em função da produção de sementes em campo. A seleção de genótipos altamente produtivos de frutos indeiscentes ou semi-indeiscentes dará subsídios ao melhoramento da espécie e fomentar a área cultivada devido ao interesse do cultivo do gergelim mecanizado. Constatou-se que as linhagens de gergelim apresentam uma ampla variabilidade e potencial de ganho genético para produção de grãos. Métodos simples de seleção podem ser usados na identificação dos genótipos com características agronômicas superiores em função dos frutos indeiscentes ou semi-indeicentes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.