PREVALÊNCIA DE RETINOPATIA DIABÉTICA EM USUÁRIOS DE UMA GERÊNCIA DE SAÚDE DO ESTADO DA PARAÍBA

Tatiane Nascimento, Helimarcos Pereira, Josimar Medeiros

Resumo


O diabetes melito é uma síndrome de etiologia múltipla caracterizada pela menor utilização da glicose pelos tecidos periféricos, devido à falta de insulina e/ou da incapacidade da mesma de exercer adequadamente seus efeitos, que pode ser pela deficiência da insulina ou mecanismos que impeçam sua ação. Esta doença é considerada um dos mais sérios problemas de saúde pública em todo mundo. Suas manifestações crônicas mais comuns são as doenças oculares, renais e vasculares que vem sendo apontadas como principais causas de invalidez e incapacitação para o trabalho. O objetivo deste trabalho foi verificar a prevalência de retinopatia diabética em diabéticos tipo 1 e tipo 2, atendidos em umas das Gerências de Saúde do Estado da Paraíba, além de verificar a ocorrência de acordo com o sexo. Foi realizado um estudo transversal, de caráter quantitativo e documental durante o período de julho de 2013 a julho de 2014. Foram analisados 627 prontuários de pacientes com diagnóstico de diabetes tipo 1 e tipo 2, habitantes de vários municípios, inclusive Campina Grande, e atendidos por uma das Gerência de Saúde do Estado da Paraíba mediante Ação Civil Publica e/ou Ação Judicial. Foram analisados: sexo, idade, tipo de diabetes, tipo de diabetes relacionada ao sexo, medicação utilizada no controle do diabetes de acordo com o tipo, presença de retinopatia diabética e necessidade de tratamento oftalmológico. Dos 627 pacientes, 19,62% (n=123) desenvolveram a Retinopatia Diabética e 80,38% (n=504) não tinham desenvolvido esta complicação. As pacientes do sexo feminino foram as mais acometidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.