INOCULAÇÃO DE Gluconacetobacter diazotrophicus E SEU EFEITO NO DESENVOLVIMENTO DE PLANTAS DE ARROZ VERMELHO

Luanna Maria Filgueiras Dutra, Felipe Montenegro Barbosa, Alberto Soares de Melo, Pedro Dantas Fernandes, Marcia Soares Vidal, José Ivo Baldani, Carlos Henrique Salvino Gadelha Meneses

Resumo


O arroz (Oryza sativa L.) é um dos cereais mais produzidos e consumidos, caracterizando-se como sendo o principal alimento para mais da metade da população mundial, destacando principalmente nos países em desenvolvimento, tais como o Brasil, desempenhando papel estratégico em níveis econômicos e sociais. Nesse contexto, objetivou-se com o trabalho analisar o efeito no desenvolvimento de plantas de arroz vermelho inoculadas com Gluconacetobacter diazotrophicus em ambiente protegido. O Experimento foi realizado no Viveiro Florestal da UEPB e no Laboratório de Ecofisiologia de plantas cultivadas, localizados no Campus I, em Campina Grande – PB, no período compreendido entre 2013 e 2014, com o cultivo de arroz vermelho com sementes inoculadas e não inoculadas com G. diazotrophicus, constando de duas condições de inoculação: I1= sementes não inoculadas e I2= sementes inoculadas com a bactéria, dois genótipos (G1= 405 Embrapa Meio Norte e G2 = MNACH0501) tratadas com e sem estresse hídrico e utilizando o delineamento inteiramente casualizado, com 8 tratamentos e 4 repetições e a parcela foi constituída de um lisímetro, semeado-se 40 sementes por lisímetro. As variáveis de crescimento avaliadas foram: o número de folhas totais por touceira (NFTT); número de panículas por touceira (NPT); altura da maior bainha (AB); altura da maior folha (AMF); massa seca das folhas (MSF); massa seca dos colmos (MSC); massa seca das panículas (MSP), em arroz vermelho, sob duas condições de inoculação e sob quatro manejos hídricos. Conclui-se que a inoculação da bactéria G. diazotrophicus PAL5 resultou em maior produção de massa seca, assim como o tamanho das plantas de arroz vermelho; G. diazotrophicus PAL5 em condições controladas apresentou potencial de uso como biofertilizante para experimentação e seleção a campo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.