Influência de composto orgânico na germinação e desenvolvimento inicial de melancia

Eugênio Gonçalves da Silva Júnior, Josemir Moura Maia, Anselmo Ferreira da Silva, Edgar Elly de Sousa Santos, Elaine Gonçalves Rech, Roberto Araújo de Almeida

Resumo


Nesse estudo, objetivou-se avaliar o desempenho de duas cultivares de melancieira comerciais (Crimson select plus e Charleston gray) sob diferentes doses de composto orgânico, em relação a germinação e desenvolvimento inicial de mudas. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado com duas cultivares e quatro doses de composto orgânico. Analisou-se o índice de velocidade de emergência de plântulas, número de folhas, área foliar, massa verde e seca e relação parte aérea/raiz. De acordo com o observado, verificou-se que a germinação foi mais influenciada pela interação entre cultivar e tratamento. Para a produção de mudas das cultivares recomenda-se a dose de 50% do composto, sendo que a cultivar Charleston gray sobressaiu às condições impostas. Os resultados obtidos podem estar relacionados ao maior acúmulo de água em Charleston gray e a menor eficiência produtiva de Crimson select plus observado pela massa verde e número de folhas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.