PRODUÇÃO SINTÉTICA DE NUTRACÊUTICOS X EXTRAÇÃO NATURAL: ASPECTOS POSITIVOS DA PRODUÇÃO SINTÉTICA DE VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS SOBRE A EXTRAÇÃO ORGÂNICA EM VEGETAIS PARA CONSERVAÇÃO DA DIVERSIDADE BIOLÓGICA

Henrique Coutinho, Jacqueline Cosmo Andrade, Saulo Relison Tintino, Thiago Sampaio freitas

Resumo


 RESUMO - A diversidade da flora brasileira possui benefícios tanto no âmbito alimentar, quanto no âmbito terapêutico. Dentre as várias substancias biológicas responsáveis por esses benefícios destacamos as vitaminas lipossolúveis que merecem ênfase por suas atividades biológicas, que previne e/ou tratam doenças. As vitaminas são substâncias orgânicas encontradas em diversos vegetais em concentrações mínimas, desempenhando importante papel na fisiologia vegetal, participando da fotossíntese como fotoprotetores, pigmentos acessórios e transportador de elétrons (Vitaminas A e K). Existe uma diversidade de métodos para extração de vitaminas lipossolúveis em vegetais, entretanto esse procedimento é de difícil realização, além de levar muito tempo e não obter uma substância pura. Por outro lado, a síntese orgânica de vitaminas lipossolúveis se destaca por produzir em escala industrial, com alta eficiência e baixo custo, minimizando a continua exploração das muitas espécies, utilizadas na extração mínima de vitaminas. Assim o nosso estudo visa apresentar os aspectos positivos da síntese orgânica de vitaminas lipossolúveis quando comparados com a técnica de extração orgânica das mesmas em vegetais, com objetivo de desenvolver uma perspectiva viável para conservação da biodiversidade vegetal.


Palavras-chave


conservação da biodiversidade, vitaminas lipossolúveis, extração orgânica, síntese de vitaminas.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BEZERRA, A.M.E.; MOMENTÉ, V.G.; MEDEIROS-FILHO, S. Germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de moringa (Moringa oleifera Lam.) Em função do peso da semente e do tipo de substrato. Horticultura Brasileira, v. 22, p. 295-299, 2004.

BRANDÃO, M.C.C.; MAIA, G.A.; LIMA, D.P.; PARENTE, E.J.S.; CAMPELLO, C.C.; NASSU, R.T.; FEITOSA, T.; SOUSA, P.H.M. Análise físico-química, microbiológica e sensorial de frutos de manga submetidos à desidratação osmótico-solar. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 25, p. 38-41, 2003.

BROINIZI, P.R.B.; ANDRADE-WARTHA, E.R.S.; SILVA, A.M.O.; NOVO, A.J.V.; TORRES, R.P.; AZEREDO, H.M.C.; ALVES, R.E.; MANCINI-FILHO, J. Avaliação da atividade antioxidante dos compostos fenólicos naturalmente presentes em subprodutos do pseudofruto de caju (Anacardium occidentale l.). Ciência e Tecnologia Alimentar, v. 27, p. 902-908, 2007.

CARDOSO, S.L. Fotofísica de carotenóides e o papel antioxidante de β-caroteno. Química nova, v. 20, p. 535-540, 1997.

CARVALHO, W.; SILVA, D.D.V.; CANILHA, L.; MANCILHA, I.M. Aditivos alimentares produzidos por via fermentativa parte 1: ácidos orgânicos. Revista Analytica, v. 18, p. 70-76, 2005.

CATANIA, A.S.; BARROS, C.R.; FERREIRA, S.R.G. Vitaminas e minerais com propriedades antioxidantes e risco cardiometabólico: controvérsias e perspectivas. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabologia, v. 53, p. 550-559, 2009.

DÔRES, S.M.C.; PAIVA, S.A.R.; CAMPANA, A.O. Vitamina k: metabolismo e nutrição. Revista de Nutrição, v. 14, p. 207-218, 2001.

GODOY, H.T. Estudo de carotenóides e pró-vitamina A em alimentos. Tese de Doutorado, Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1993, 210 p.

KLACK, K.; CARVALHO, J.F. Vitamina K: Metabolismo, Fontes e Interação com o Anticoagulante Varfarina. Revista Brasileira de Reumatologia, v. 46, p. 398-406, 2006.

LIMA, K.S.C.; LIMA, A.L.S.; FREITAS, L.C.; DELLA-MODESTA, R.C.; GODOY, R.L.O. Efeito de baixas doses de irradiação NOS carotenóides majoritários em cenouras prontas para o consumo. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 24, p. 183-193, 2004.

MARCHIORETTO, M.S.; WINDISCH, P.G.; SIQUEIRA, J.C. Problemas de conservação das espécies dos gêneros Froelichia Moench e Froelichiella R.E. Fries (Amaranthaceae) no Brasil. Acta Botanica Brasilica, v. 19, p. 215-219, 2005.

MÁRQUEZ, M.; YÉPEZ, C.E.; SÚTIL-NARANJO, R.; RINCÓN, M. Aspectos básicos y determinación de las vitaminas antioxidantes E y A. Investigacion Clínica, v. 43, p. 191-204, 2002.

MORAES, F.P.; COLLA, L.M. Alimentos funcionais e nutracêuticos: definições, legislação e benefícios à saúde. Revista Eletrônica de Farmácia, v. 3, p. 109-122, 2006.

OHSE, S.; DOURADO-NETO, D.; MANFRON, P.A.; SANTOS, O.S. Qualidade de cultivares de alface produzidos em hidroponia. Scientia Agricola, v. 58, p. 181-185, 2001.

PAIXÃO, J.Á.; STAMFORD, T.L.M. Vitaminas lipossolúveis em alimentos – uma abordagem analítica. Química Nova v. 27, p. 96-105, 2004.

PEREIRA, F.M.; CARVALHO, C.A.; NACHTIGAL, J.C. Século xxi: nova cultivar de goiabeira de dupla finalidade. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 25, p. 498-500, 2003.

PESSOA, M.L.A.; ANDRADE, S.A.C.; SALGUEIRO, A.A.; STAMFORD, T.L.M. Aproveitamento de subproduto industrial de óleos vegetais para produção de riboflavina por Candida guilliermondii DM 6441. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 23, p. 453-458, 2003.

SANSEVERINO, A.M. Síntese orgânica limpa. Química nova v. 23, p. 1, 2000.

SANTANA, L.R.R.; MATSUURA, C.A.U.; CARDOSO, R.L. Genótipos melhorados de mamão (carica papaya l.): avaliação sensorial e físico-química dos frutos. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 24, p. 217-222, 2004.

SIEBENEICHLER, S.C.; SANT’ANNA, R.; MARTINEZ, C.A.; MOSQUIM, P.R.; CAMBRAIA, J. Alterações na fotossíntese, condutância estomática e eficiência fotoquímica induzidas por baixa temperatura em feijoeiros. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v. 10, p. 37-44, 1998.

SILVA, D.D.V.; CARVALHO, W.; CANILHA, L.; MANCILHA, I.M. Aditivos alimentares produzidos por via fermentativa parte 2: aminoácidos e vitaminas. Revista Analytica, v. 19, p. 1, 2005.

SOUZA, W.A.; VILAS BOAS, O.M.G.C. A deficiência de vitamina A no Brasil: um panorama. Revista Panamericana de Salud Publica/Panamerican Journal of Public Health, v. 12, p. 1-10, 2002.

TAIZ L, ZEIGER E. Fisiologia vegetal. 4ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

UENOJO, M.; MARÓSTICA-JR, M.R.; PASTORE, G.M. Carotenóides: propriedades, aplicações e biotransformação para formação de compostos de aroma. Química Nova, v. 30, p. 616-622, 2007.

YEPEZ CCB. Potencial morfogênetico e carotenóides em tecidos cultivados in vitro de pothomorphe umbellata. Dissertação, Botucatu: Universidade Estadual Paulista “Julio De Mesquita Filho”, 2003, 92 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.