AÇÕES AFIRMATIVAS E POLÍTICA DE COTAS DE INCLUSÃO NA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA:UM ESTUDO DE CASO

Marconi do Ó Catao, Camilo de Lélis Diniz de Farias, Gildércia Silva Guedes de Araújo, Laysla Alencar de França Costa

Resumo


Este artigo é resultado da execução do projeto intitulado "Política de Cotas de Inclusão na Universidade Estadual da Paraíba: Avanços, Limitações e Alternativas", executado durante o ano de 2011, e que analisou os impactos sociais da adoção, no ano de 2006, da reserva de vagas para alunos oriundos da rede pública de ensino, bem como os pressupostos das ações afirmativas e suas particularidades. O objetivo deste trabalho é, portanto, expor os resultados obtidos pela pesquisa, demonstrando os avanços e limitações existentes na política afirmativa, bem como propor soluções para os problemas encontrados

Palavras chave: Ações Afirmativas. UEPB. Igualdade. Reserva de Vagas. Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20887/rdtv.ccj.2013V5i1p50-85


Revista indexada na Rede Virtual de Bibliotecas (RVBI) do Senado Federal (número no Open Journal Sistem sistema 000820283 ), no LATINDEX -Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Diretório e Catálogo - folio 13141), SEER, no IBICT, no Directory of Open Access Journals (DOAJ), no Diadorim/ibict, Sumários.org e no Public Knowledge Project (PKP).