v. 7, n. 2 (2015)

DOI: http://dx.doi.org/10.20887/rdtv.ccj.2015.v7i2


Capa da revista
Imagem da capa: “O Leviatã, de Hobbes” Folha de rosto da edição de 1642 do Leviatã de Hobbes(1587-1666), que parte do princípio de que os homens são egoístas e que o mundo não satisfaz todas as suas necessidades, defendo por isso que no Estado Natural, sem a existência da sociedade civil, haverá necessariamente competição entre os homens pela riqueza, segurança e glória. A luta que se segue é a «guerra de todos contra todos», na célebre formulação de Hobbes, em que por isso não pode haver comércio, indústria ou civilização. Enfim, a luta ocorre porque cada homem persegue racionalmente os seus próprios interesses, sem que o resultado interesse a alguém.
Link: http://www.arqnet.pt/portal/teoria/leviata.html