Evaluation of the Degree of Satisfaction of Dental Service Users of Family Health Units

Carlos Ayach, Suzely Adas Saliba Moimaz, Cléa Adas Saliba Garbin

Abstract


Objective: To assess the degree of user satisfaction with oral health services in the National Health System. Material and Methods: This is a descriptive cross-sectional study with a quantitative approach. Overall, 325 users were interviewed in dental service units of the family health strategy in the Municipality of Aquidauana, MS, using exclusion criterion patient under the age of 15 years and any inability to answer the instrument used. The results were processed using the Epi Info statistical software using data frequency analysis. Results: Users reported treatment as the main reason for seeking dental services (39.4%), followed by pain (28.3%) and review and prevention (26.8%). It was observed that 49.2% of patients seek the service on their own (25.2%) were referred by Community Health Agent; (19.1%) by a family member or friend and (3.7%) by the dentist. Respondents showed greater satisfaction with the location of Units; with the way they were received at the Unit; with the time of service and the scheduling of consultations in primary care. In relation to self-assessment on the oral health status, 40% of users considered good and 39.4% as regular. Conclusion: The satisfaction rates with oral health services offered in the National Health System were high, and most users who were in treatment, sought the service on their own and in need for treatment.

Keywords


Avaliação; Satisfação do usuário; Estratégia da Saúde da Família.

Full Text:

PDF

References


Nickel DA, Caetano JC, Calvo MCM. Modelo de avaliação da atenção em saúde bucal. Pesqui Bras Odontopediatria Clin Integr 2009; 9(3):373-9.

Emmi DT, Barroso, RF. Avaliação das ações de saúde bucal no Programa Saúde da Família no distrito de Mosqueiro, Pará. Ciênc Saúde Coletiva 2008; 13(1):35-41.

Brandão ALRS, Giovanella L, Campos EA. Avaliação da atenção básica pela perspectiva dos usuários: adaptação do instrumento EUROPEP para grandes centros urbanos brasileiros. Ciênc Saúde Coletiva 2013; 18(1):103-14.

Santos CVL, Pereira ES. O desafio de profissionais e usuários de uma Unidade Saúde da Família. [Monografia]. Belém: Universidade do Estado do Pará; 2003.

Cerchiari GSF, Erdmann RH. Sistema de informações para acompanhamento, controle e auditoria em saúde pública. Rev Adm Pública 2008; 42(5):925-48.

Oliveira RS, Magalhães BG, Gaspar GS, Rocha RACP, Góes PSA. Avaliação do grau de satisfação dos usuários nos serviços de saúde bucal da Estratégia de Saúde da Família. Rev Bras Pesqui Saúde 2009; 11(4):34-8.

Jorge MSB, Guimarães JMR, Vieira LB, Paiva FDS, Silva DR, Pinto AGA. Avaliação da qualidade do Programa Saúde da Família no Ceará: a satisfação dos usuários. Rev Baiana Saúde Pública 2007; 31(2):256-66.

Brasil. Ministério da Saúde. Programa Nacional de Avaliação de Serviços de Saúde: resultados do processo avaliativo 2004-2005. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.

Duarte MLC, Kantorski LP. Avaliação da atenção prestada aos familiares em um centro de atenção psicossocial. Rev Bras Enferm 2011; 64(1):47-52.

Sampaio J, Carvalho EM, Pereira GFC, Mello FMB. Avaliação da capacidade de governo de uma secretaria estadual de saúde para o monitoramento e avaliação da Atenção Básica: lições relevantes. Ciênc Saúde Coletiva 2011; 16(1):279-90.

Pinheiro PM, Oliveira LC. A contribuição do acolhimento e do vínculo na humanização da prática do cirurgião-dentista no Programa Saúde da Família. Interface 2011; 15(36):185-98.

Peterlini OLG, Zagonel IPS. Explorando a avaliação: um instrumento básico para o gerenciamento do cuidado em saúde coletiva. Cogitare Enferm 2003; 8(2):18-25.

Moimaz SAS, Saliba NA, Bino LS, Rocha NB. A ótica do usuário na avaliação da qualidade do programa de atenção odontológica à gestante. Pesqui Bras Odontoped Clin Integr 2009; 9(2):147-53.

Santiago RF, Mendes ACG, Miranda GMD, Duarte PO, Furtado BMASM, Souza WV. Qualidade do atendimento nas Unidades de Saúde da Família no município de Recife: a percepção dos usuários. Ciênc Saúde Coletiva 2013; 18(1):35-44.

BrasiL. Ministério da Saúde. Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ): manual instrutivo. Brasília: Ministério da Saúde; 2012.

Silva JA, Ribeiro LC, Silveira M. Avaliação do nível de satisfação dos usuários do Programa de Saúde da Família no Bairro Furtado Menezes - Juiz de Fora/MG. In: Anais do 14º Encontro Nacional de Estudos Populacionais; 2004 Set. 20-24; Caxambú, MG. Belo Horizonte: ABEP; 2004.

Barata RB. Condições de saúde da população brasileira. In: Giovanella L, Escorel S, Lobato LVC, Carvalho AI, Noronha JC, organizadores. Políticas e Sistema de Saúde no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2008. p. 173-5.

Mishima SM, Pereira FH, Matumoto S, Fortuna CM, Pereira MJB, Campos AC, et al. A assistência na saúde da família sob a perspectiva dos usuários. Rev Latino-Am Enfermagem 2010; 18(3):148-56.

Starfield B. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: UNESCO; 2004.

Travassos C, Martins M. Uma revisão sobre os conceitos de acesso e utilização de serviços de saúde. Cad Saúde Publica 2004; 20(Supl. 2):S190-8.

Souza TMS, Roncalli AG. Saúde bucal no Programa Saúde da Família: uma avaliação do modelo assistencial. Cad Saúde Pública 2007; 23(11):2727-39.

Goldstein RA, Barcellos C. Geoprocessamento e participação social: ferramentas para a vigilância ambiental em saúde In: Miranda AC, Barcellos C, Moreira JC, Monken M, organizadores. Território, ambiente e saúde. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2008. p. 205-15.

Mello ALSF, Andrade SR, Moysés SJ, Erdmann AL. Saúde bucal na rede de atenção e processo de regionalização. Ciênc Saúde Coletiva 2014; 19(1):214-214.

Assis MMA, Jesus WLA. Acesso aos serviços de saúde: abordagens, conceitos, políticas e modelo de análise. Ciênc Saúde Coletiva 2012; 17(11):2865-75.

Martins AMEB, Barreto SM, Silveira MF, Santa Rosa TTA, Pereira DP. Autopercepção da saúde bucal entre idosos brasileiros. Rev Saúde Pública 2010; 44(5):2955-64.

Araújo CS, Lima RC, Peres MA, Barros AJD. Use of dental services and associated factors: a population-based study in southern Brazil. Cad Saude Publica 2009; 25(5):1063-72.

Pompeu JGF, Carvalho ILM, Pereira JA, Cruz Neto RG, Prado VLG, Silva CHV. Avaliação do nível de satisfação dos usuários atendidos na clínica integrada do curso de odontologia da Faculdade Novafapi em Teresina (PI). Odontol Clín-Cient 2012; 11(1):31-6.

Robles ACC, Grosseman S, Bosco VL. Satisfação com o atendimento odontológico: estudo qualitativo com mães de crianças atendidas na Universidade Federal de Santa Catarina. Ciênc Saúde Coletiva 2008; 13(1): 43-9.




PBOCI IS A MEMBER OF CROSSREF AND ALL THE CONTENT OF ITS JOURNALS ARE LINKED BY DOIS THROUGH CROSSREF.