Comparação da Retenção de Pinos Fundidos Cimentados com Três Tipos de Cimento

Alma GAVRANOVIC-GLAMOC, Sead REDZEPAGIC, Muhamed AJANOVIC, Lejla KAZAZIC, Selma ZUKIC, Džemila DIZDAREVIC

Abstract


Objetivo: Verificar e comparar a retenção de pinos fundidos cimentados com três diferentes tipos de cimento.
Método: Quarenta e cinco incisivos superiores permanentes humanos foram divididos aleatoriamente em três grupos de 15 dentes cada um. Os canais radiculares foram preparados para receberem pinos fundidos de até 8.5 mm de comprimento. Os pinos foram cimentados com um dos três tipos de cimentos a seguir: cimento de fosfato de zinco, cimento de ionômero de vidro e cimento de ionômero de vidro modificado por resina (híbrido). Após a cimentação, as amostras foram armazenadas em solução salina durante 7 dias e então submetidas à análise da força de retenção em máquina universal de ensaios (Zwick num. 112627, Ulm-Germany).
Resultados: O cimento híbrido apresentou o maior valor médio de retenção (312.90 N), seguido do cimento de ionômero de vidro (272.40 N) e do cimento de fosfato de zinco (312.90 N). A análise estatística mostrou diferença estatisticamente significante nos valores de retenção entre o cimento de fosfato de zinco e o cimento de ionômero de vidro (p<0,01), e entre o cimento de fosfato de zinco e o cimento híbrido (p<0,01).
Conclusão: Não houve discrepância significativa entre o cimento de ionômero de vidro e o cimento híbrido, embora a diferença na força de retenção entre os dois materiais tenha sido de aproximadamente 40 N.

Keywords


Cimentos de ionômeros de vidro; Cimento de fosfato de zinco; Técnica para retentor intra-radicular; Glass ionomer cements; Zinc phosphate cement; Post and core technique.



DOI: http://dx.doi.org/10.4034/pboci.v10i1.808

PBOCI IS A MEMBER OF CROSSREF AND ALL THE CONTENT OF ITS JOURNALS ARE LINKED BY DOIS THROUGH CROSSREF.