A ESTRATÉGIA E O PLANEJAMENTO COMO PILARES DA CULTURA EMPREENDEDORA: UM ENSAIO TEÓRICO NA PERSPECTIVA BRASILEIRA

Magnus Luiz Emmendoerfer

Resumo


A ação organizacional sem estratégia e planejamento deliberados vem colocando em risco o futuro da organização, bem como os recursos que a sustentam, podendo até ocasionar a sua extinção. Neste contexto, juntando-se a idéia da estratégia e do planejamento está o empreendedor com seus valores e suas características, as quais o diferenciam dos demais profissionais nas organizações, tornando-o um agente de mudanças. O objetivo deste artigo teórico reflexivo foi apontar elementos que sustentem a tese de que a estratégia e o planejamento constituem os pilares da cultura empreendedora, ao instituírem uma aliança entre o empreendedorismo e o processo de planejamento estratégico. Quanto aos aspectos metodológicos, este artigo possuiu um caráter ensaísta do tipo bibliográfico que favoreceu a concretização do objetivo de estudo, demonstrando elementos que levam a considerar que o planejamento estratégico está para o empreendedor como a inovação esta para a tecnologia, e que a flexibilidade, a agilidade e a criatividade fortalecem a estratégia e o planejamento, pilares da cultura empreendedora. Por fim, percebe-se paulatinamente o aperfeiçoamento dos estudos acerca do empreendedorismo, a fim de caracterizá-lo como uma área de conhecimento cada vez mais definida num futuro próximo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18391/qualitas.v7i1.153

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Qualitas Revista Eletrônica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Qualitas Revista Eletrônica

Campina Grande - PB

ISSN - 1677-4280

Digital Object Identifier (DOI): 10.18391