ECOTURISMO : UM ESTUDO DAS MUDANÇAS ESTRATÉGICAS DOS HOTÉIS DE

Tristão Socrates Baptista Cavalcanti, Osmar Possamai, Leonor Farias Abreu

Resumo


O estudo das mudanças estratégicas, nos últimos tempos, tem crescido de importância tanto na
academia como no meio empresarial, possibilita explicar e compreender como os executivos
formulam suas estratégias em um ambiente altamente dinâmico e com forte influência de fatores
externos. Esta pesquisa teve como objetivo descrever, através de um estudo multi-caso, como
dois grupos do setor do ecoturismo, situados na cidade de Manaus, estado do Amazonas,
reagiram frente a eventos críticos e como promoveram suas mudanças estratégicas. Para tanto,
este artigo foi desenvolvido através de uma pesquisa de caráter contextualista segundo Pettigrew
(1987), Kinberty (1976), com a estratégia de estudo de caso Yin(1984).Agregou-se as
abordagens direct research Mitzberg (1979), Mitzberg e Machugh (1985). Para a análise dos
fatores relevantes ao desenvolvimento sustentável, utilizou-se os ensinamentos da OMT (1998),
Boo (1990), Pires (1998), Ruchamamm (2000), Lindberg e Hawking (1995) e do Globe 90
Conference Tourism Action Strategy for Sustainable for Sustainable Tourist Development
realizado em Vancouver BC, Canadá. Apoiou-se também nos conceitos de Hawken et all (1999),
De Simone e Popoff (2000) quanto a empresa ecologicamente correta e os preceitos do
capitalismo natural. Para análise dos aspectos próprios da hotelaria, foram baseados nos
norteamentos concebidos pelos organismos reguladores oficiais EMBRATUR (1992), Castelli
(1999), Nascimento (1999), Lamprecht & Ricci (1997) e Ferreeira (1999). Assim, após a
definição dos períodos estratégicos, analisou-se os principais skaholders dp processo de
mudanças estratégicas, segundo as teorias de Argenti(1997) e Cambell (1994), sob das
empresas do setor do ecoturismo. O que constatou-se foi a influência dos stakeholders que
altera-se de acordo com as condições do ambiente organizacional das empresas. Desta forma,
pode-se concluir que as mudanças estratégicas são influenciadas fortemente pelo sócio
majoritário, surgindo de uma forma emergente, ou seja, sem um planejamento formal e que os
stakeholders têm forte influência nestes processos de tomada de decisão. Por fim, esta pesquisa
contribui de forma significativa para os estudos que visem esclarecer como as empresas, do setor
do ecoturismo, formulam suas estratégias.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18391/qualitas.v2i1.20

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Qualitas Revista Eletrônica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Qualitas Revista Eletrônica

Campina Grande - PB

ISSN - 1677-4280

Digital Object Identifier (DOI): 10.18391