A IMPORTÂNCIA DAS CORPORAÇÕES-PROFISSIONAIS NO PENSAMENTO POLÍTICO DE ÉMILE DURKHEIM

Sidnei Ferreira de Vares

Resumo


O propósito desse trabalho é compreender o papel atribuído por Durkheim às corporações-profissionais em sua teoria sociológica, principalmente no que concerne ao caráter mediador desempenhado por esses órgãos-secundários. Considerando a definição de “sociedade política”, os agrupamentos profissionais contribuiriam no sentido de aproximar os indivíduos do Estado e correlatamente regulamentar as atividades produtivas, impedindo o desregramento e a conseqüente “anomia”. Cumprindo uma função moral e dialógica, esses órgãos intermediários estariam em consonância com os ideais democráticos e com a complexa divisão do trabalho das sociedades modernas, garantindo seu funcionamento “normal”.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18391/qualitas.v10i4.891

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Qualitas Revista Eletrônica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Qualitas Revista Eletrônica

Campina Grande - PB

ISSN - 1677-4280

Digital Object Identifier (DOI): 10.18391