PROJETO DE VIDA DE ADOLESCENTES:

uma estratégia de intervenção para o serviço social na educação básica

Autores

  • Cristina Kologeski Fraga UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA
  • Lilian Marques Sobrosa UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

Palavras-chave:

Projeto de Vida, Adolescente, Educação

Resumo

vida de adolescentes enquanto uma possibilidade
de intervenção para o Serviço Social na Educação
Básica. Essa perspectiva se baseia em uma análise
crítica orientada pela teoria social marxista. Para
tanto, serão abordados os aspectos históricos e os
desafios à atuação do Serviço Social na Educação
Básica; a questão social no contexto escolar; as
particularidades da inserção do(a) assistente social
no Ensino Básico; a importância de se trabalhar o
projeto de vida com adolescentes em meio a um
lócus privilegiado de intervenção, que é a escola;
e o papel do(a) assistente social nesse processo.
Logo, faz-se necessário adentrar na problemática da
adolescência, bem como no papel da subjetividade
nas relações sociais e no cenário adverso da pandemia
do Coronavírus. Também se discorrerá acerca do
espaço sócio-ocupacional de realização do estágio
e o processo de aplicação do projeto de intervenção
junto dos adolescentes, sob a denominação “Qual
vai ser?”. Por fim, serão tecidas algumas conclusões
sobre a relevância da temática, a importância da
inserção profissional em escolas, os constantes
retrocessos desse campo no contexto brasileiro atual
e o acirramento da questão social.

Biografia do Autor

Cristina Kologeski Fraga, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

Autor Correspondente: Cristina Kologeski Fraga ckfraga@gmail.com

Lilian Marques Sobrosa, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

Referências

ABRINQ. Proporção de Crianças e Adolescentes sobre a População Total. 2019. Disponível

em: https://observatoriocrianca.org.br/cenario-infancia/temas/populacao/574-proporcao-decriancas-

e-adolescentes-sobre-a-populacao-total?filters=1,1893. Acessado em: 30 mar. 2020.

BRASIL. Código de ética do/a assistente social. Lei 8.662/93 de regulamentação da profissão.

Brasília – DF: Conselho Federal de Serviço Social, 10 ed. rev., 2012.

BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

e dá outras providências. Brasília – DF: Diário Oficial da União, 13 jul. 1990. Disponível em: http://

www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm. Acesso em: 06 jun. 2019.

BRASIL. Lei nº 12.101, de 27 de novembro de 2009. Dispõe sobre a certificação das entidades

beneficentes de assistência social; regula os procedimentos de isenção de contribuições para a

seguridade social e dá outras providências. Brasília – DF: Diário Oficial da União, 27 nov. 2009.

Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L12101.htm.

Acesso em: 20 abr. 2019.

BRASIL. Projeto de Lei nº 3688, de 31 de outubro de 2000. Dispõe sobre a introdução de assistente

social no quadro de profissionais de educação em cada escola. Brasília – DF, 2000. Disponível em:

https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=20050. Acesso

em: 30 mar. 2020.

BRASIL. Lei nº 10.097, de 19 de dezembro de 2000. Altera dispositivos da Consolidação das Leis

do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943. Brasília – DF,

Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l10097.htm. Acesso em: 31 mar.

BRASIL. Decreto nº 8.242, de 23 de maio de 2014. Regulamenta a Lei nº 12.101, de 27 de

novembro de 2009, para dispor sobre o processo de certificação das entidades beneficentes de

assistência social e sobre procedimentos de isenção das contribuições para a seguridade social.

Brasília – DF, 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/

decreto/d8242.htm. Acesso em: 25 mar. 2020.

BRASIL. Lei nº 13.935, de 11 de dezembro de 2019. Dispõe sobre a prestação de serviços de

psicologia e de serviço social nas redes públicas de educação básica. Brasília – DF, 2019. Disponível

em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/L13935.htm. Acesso em: 25

mar. 2020.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Subsídios para a atuação de assistentes sociais na

política de educação. Brasília – DF: CEFSS, 2013. Série Trabalho e projeto profissional nas políticas

sociais. Disponível em: http://www.cfess.org.br/arquivos/BROCHURACFESS_SUBSIDIOS-ASEDUCACAO.

pdf. Acesso em: 06 jun, 2019.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Os impactos do Coronavírus no trabalho do/a

assistente social. Brasília – DF: CFESS Manifesta, 2020. Disponível em: http://www.cfess.org.br/

arquivos/2020CfessManifestaEdEspecialCoronavirus.pdf. Acesso em: 25 jun. 2020.

CORDEIRO, L. F. As transformações no mundo do trabalho: a produção flexível e suas

manifestações na subjetividade do trabalhador. 2018. 79 p. Dissertação (Mestrado em Serviço

Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

DUARTE, M. J. O. Subjetividade, marxismo e Serviço Social: um ensaio crítico. Serviço Social &

Sociedade, São Paulo, n. 101, p. 5-24, mar. 2010. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/

s0101-66282010000100002.

FERNANDES, S. Se quiser mudar o mundo: um guia político para quem se importa. São Paulo:

Editora Planeta, 2020.

GOMES, F. Z et al. Adolescentes e construção do projeto de vida: um relato de experiência. Revista

do Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Básica/Saúde da Família, Criciúma

- SC, v. 3, p. 1-14, 2016. Disponível em: http://periodicos.unesc.net/prmultiprofissional/article/

view/3035. Acesso em: 03 jul. 2019.

MARCELINO, M. Q. S.; CATÃO, M. F. F.; LIMA, C. M. P. Representações sociais do projeto de vida

entre adolescentes no ensino médio. Psicologia Ciência e Profissão, Brasília, v. 29, n. 3, p. 544-557,

Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/307671874_Representacoes_

sociais_do_projeto_de_vida_entre_adolescentes_no_ensino_medio. Acesso em: 08 jul. 2019.

MARCHESAN, Ricardo. O que é e como funciona o jovem aprendiz? Quanto ganha? Tem 13º

e férias? 2019. Site Uol. Disponível em: https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/

noticias/redacao/2019/12/05/como-fuciona-programa-jovem-aprendiz.htm. Acesso em: 25

mar. 2020.

MARTINS, E. B. C. Educação e Serviço Social: elo para a construção da cidadania. São Paulo:

Editora UNESP, 2012.

MARX, K. O processo de trabalho e o processo de valorização. In: MARX, Karl. (Org.). O Capital:

crítica da economia política. Livro I: O processo de produção do capital. Trad. Rubens Enderle.

São Paulo: Boitempo, 2013. p. 188-193.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Base Nacional Comum Curricular. Brasília – DF, 2018. Disponível:

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf.

Acesso em: 06 jun. 2016.

NETTO, J. P. Introdução ao método na teoria Social. Serviço Social: direitos sociais e competências

profissionais. Brasília – DF: CFESS/Abepss, 2009.

ROZA, P. W. da; FRAGA, C. K. O trabalho com grupos como instrumento na atuação do assistente

social. In: LIMA, E.; QUADRADO, J. C. (Org.). Serviço Social hoje. São Borja – RS: Editora CEEINTER,

p.114-131.

SANTOS, C. M. A dimensão técnico-operativa e os instrumentos e técnicas no Serviço Social.

Revista Conexão Geraes, Belo Horizonte, CRESS-MG, n. 3, ano 2, p. 25- 30, 2013. Disponível em:

https://www.cress-mg.org.br/arquivos/Revista-3.pdf. Acesso em: 25 jun. 2020.

SEMERARO, G. Da sociedade de massa à sociedade civil: a concepção da subjetividade em

Gramsci. Educação & Sociedade, São Paulo, ano XX, n. 66, p. 65-83, abr. 1999.

SIMIONATTO, I. Serviço Social, reação conservadora e o ataque ao marxismo. In: SILVA, M. L. de

O. (Org.). Congresso da Virada e o Serviço Social hoje: reação conservadora, novas tensões e

resistências. São Paulo – SP: Cortez, 2019. p. 117 - 134.

VERDÉLIO, A. Ipea: 23% dos jovens brasileiros não trabalham nem estudam. Agência Brasil, Brasília

– DF, 03 dez. 2018. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-12/ipea-

-dos-jovens-brasileiros-nao-trabalham-e-nem-estudam. Acesso em: 30 mar. 2020.

ZACARIAS, I. R. O lugar do marxismo na formação profissional em Serviço Social. Porto Alegre:

EDIPUCRS, 2020.

Arquivos adicionais

Publicado

11-08-2023

Como Citar

FRAGA, C. K.; SOBROSA, L. M. PROJETO DE VIDA DE ADOLESCENTES:: uma estratégia de intervenção para o serviço social na educação básica. QUALITAS REVISTA ELETRÔNICA, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 164–181, 2023. Disponível em: https://revista.uepb.edu.br/QUALITAS/article/view/2464. Acesso em: 21 jul. 2024.