Linguística aplicada, letramentos e formação docente: desafios e perspectivas no contexto contemporâneo para o ensino de Língua Portuguesa

Autores

  • Gilmarques Lopes Gomes UFPB

Palavras-chave:

Ensino, LA, Contemporaneidade

Resumo

Qual a essência da Linguística Aplicada? Qual a sua contribuição para o ensino de Língua Portuguesa e para a formação docente? Qual sua relação com os letramentos? Partindo destas questões objetivamos investigar as contribuições da Linguística Aplicada para o ensino-aprendizagem da Língua Portuguesa na perspectiva dos letramentos e para a formação continuada. Para tal propósito, nos amparamos nos pressupostos teóricos de Moita Lopes (2006, 2013), Cavalcanti (2016), Bohn (2016), Rojo (2019), Soares (2006), Kleiman (2019), Freire (1997) e Kalantzis (2020). Nossa pesquisa tem abordagem qualitativa e bibliográfica, apoiada em Marconi e Lakatos (2017) e Gil (2019). Os resultados apontam que a escola necessita promover uma educação transformadora com situações de aprendizagem significativas e plurais.

Biografia do Autor

Gilmarques Lopes Gomes, UFPB

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Ensino na Universidade Federal da Paraíba.

Professor da Educação Básica no município de Barra de Santa Rosa, PB.

Referências

BOHN, Hilário I. Ensino e aprendizagem de línguas: os atores da sala de aula e a necessidade de rupturas. IN: LOPES, Luiz Paulo da Moita. Linguística Aplicada na modernidade recente. São Paulo, Parábola, 2016, p. 79-98.

CAVALCANTI, Marilda C. Educação linguística na formação de professores de línguas: intercompreensão e práticas translíngues. IN: LOPES, Luiz Paulo da Moita. Linguística Aplicada na modernidade recente. São Paulo, Parábola, 2016, p. 211-226.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Saberes necessários à prática docente. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

GATTI, Bernadete. Nossas faculdades não sabem formar professores. Entrevista concedida a Flávia Yuri Oshima. Revista Época. São Paulo, 2016. Disponível em: https://epoca.oglobo.globo.com/educacao/noticia/2016/11/bernardete-gatti-nossas-faculdades-nao-sabem-formar-professores.html. Acesso em: 10/11/2021.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas da pesquisa social. 7ª edição, São Paulo, Atlas, 2019.

KALANTZIS, Mary. Et al. Letramentos. Tradução: Peterson Pinheiro. Campinas, São Paulo: Editora da Unicap, 2020.

KLEIMAN, Ângela. Et al. A Linguística Aplicada na contemporaneidade: uma narrativa de continuidades na transformação. In: Calidoscópio, 2019, v.17 nº 4, p. 724–742. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/view/cld.2019.174.04 . Acesso em: 10/10/2021.

MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisas, elaboração, análise e interpretação de dados. 8a Ed. São Paulo, Atlas/GEN, 2017.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MILLER, Inés Kayon de. Formação de professores de línguas: da deficiência à reflexão crítica e ética. IN: Lopes, Luiz Paulo da Moita. Linguística Aplicada na modernidade recente. São Paulo, Parábola, 2013, p. 99-122.

MOITA LOPES, Luiz Paulo de. Uma linguística aplicada mestiça e ideológica: interrogando o campo da linguística aplicada. IN: Lopes, Luiz Paulo da Moita. Por uma linguística aplicada interdisciplinar. São Paulo: Parábola, 2006.

MOITA LOPES, Luiz Paulo de. Fotografias da Linguística Aplicada brasileira na modernidade recente. IN: LOPES, Luiz Paulo de Moita Linguística Aplicada na modernidade recente. São Paulo, Parábola, 2013, p. 15-37.

MONTEIRO, Rosemeire Selma. A linguística aplicada e o processo de letramento. IN: Revista de Letras, nº 21, v. 12, 1999. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revletras/article/view/2161. Acesso em: 20/10/2021.

OLIVEIRA, Maria Bernadete Fernandes. Considerações em torno da linguística aplicada e do ensino de língua materna. IN: Revista Odisseia, nº. 03, 2012.

ROJO, Roxane Helena R. Letramentos, mídias e linguagens. São Paulo: Parábola editorial, 2019.

SANTOS, Raimunda Valquíria de Carvalho. Et al. Os estudos de letramento no âmbito da linguística aplicada: diálogos que se entrelaçam. IN: XVII Congresso Internacional Asociación de Linguística y Filologia de América Latina. 2014. Disponível em: https://www.mundoalfal.org/CDAnaisXVII/trabalhos/R0753-1.pdf . Acesso em: 20/10/2021.

SCHMITZ, L. L. Paradigmas do conhecimento: os percursos e descaminhos da educação ao longo da história. Revista Divisa. Revista da Fai Faculdade de Itapiranga. nº 4, v. 3, p. 80, 2006. Disponível em: http://faifaculdades.edu.br/eventos/SEMIC/6SEMIC/arquivos/resumos/RES27.pdf . Acesso em: 27/10/2021.

SOARES, Magda. Alfabetização e Letramento. 4ª ed. São Paulo: Contexto, 2006.

Downloads

Publicado

10.03.2022

Como Citar

Lopes Gomes, G. (2022). Linguística aplicada, letramentos e formação docente: desafios e perspectivas no contexto contemporâneo para o ensino de Língua Portuguesa. DISCURSIVIDADES, 10(1), e1012205. Recuperado de https://revista.uepb.edu.br/REDISC/article/view/964