Thanksgiving: proposta didática para leitura em língua inglesa no ensino fundamental

Autores

Palavras-chave:

Thanksgiving Day., Ensino de língua inglesa, Relato de experiência., Sequência didática.

Resumo

O presente artigo tem como foco apresentar um relato de experiência de duas professoras de língua inglesa inseridas na rede privada de ensino dos estados: Pernambuco e Paraíba. Ambas trabalharam a mesma sequência didática seguindo as ideias de Dolz, Noverraz e Schneuwly (2011) para tratar do tema geral Thanksgiving Day (Dia de Ação de Graças) numa turma de segundo ano do Ensino Fundamental I e numa turma de sexto ano do Ensino Fundamental II. Através da compreensão dos estudos de Santaella (2007; 2014), Leffa (1996; 1998), Solé (2014) e Kleiman (2016a, 2016b) foram construídas as ideias da importância da leitura, da contextualização e da avaliação do processo de aprendizagem. Por fim, foram pontuadas algumas considerações acerca da produção final em cada turma. Os resultados demonstram que o trabalho com leitura em língua inglesa em sala de aula traz benefícios pedagógicos, motivando os alunos para o aprendizado em ambos os segmentos.

Biografia do Autor

Tatiana Ramalho Barbosa, Universidade Federal da Paraíba

Mestre em Jornalismo pelo Programa de Pós-graduação em Jornalismo (PPJ) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB); mestranda em Linguística e Ensino pela UFPB; Graduada em Jornalismo e Letras – Língua Inglesa pela UFPB; tatiramalho@hotmail.com

Samantha Joyce Ferreira Wanderley da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de língua estrangeira, letramento crítico, parâmetros curriculares, escola pública e ensino de literatura.

Referências

DOLZ, Joaquim; NOVERRAZ, Michèle; SCHNEUWLY, Bernard. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros Orais e escritos na escola. Campinas: Mercado das Letras, 2011. p. 81-108.

HYMES, D.H. On Communicative Competence. In: J.B. Pride; HOLMES, J. (org.). Sociolinguistics. Selected Readings. Harmondsworth: Penguin, 1972, p. 269-293.

KLEIMAN, Angela. Oficina de leitura – teoria e prática. 16ª Ed. Campinas: Pontes Editores, 2016a.

KLEIMAN, Angela. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. 16ª Ed. Campinas: Pontes Editores, 2016b.

LEFFA, Vilson J. Aspectos da leitura. Porto Alegre: Sagra: DC Luzzatto, 1996.

LEFFA, Vilson J. Metodologia do ensino de línguas. In BOHN, H. I.; VANDRESEN, P. Tópicos em linguística aplicada: O ensino de línguas estrangeiras. Florianópolis: Ed. da UFSC, 1988. p. 211-236.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e Pedagogos: para quê?. São Paulo: Cortez, 2005. 200p. (8. ed.)

SANTAELLA, Lucia. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007

SANTAELLA, Lucia. O leitor ubíquo e as consequências para a educação. Coleção Agrinho. 2014. Disponível em: https://www.agrinho.com.br/materialdo professor/o-leitor-ubiquo-e-suas-consequencias-para-educacao. Acesso em 03 jun 2021

SAVIGNON, Sandra. Communicative Language Teaching: state of the art. TESOL Quarterly, Alexandria, v. 25, n. 2, 1-9, dez. 1991.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de leitura [recurso eletrônico]. 6. ed. – Porto Alegre: Penso, 2014. e-PUB

Downloads

Publicado

05.07.2022

Como Citar

Ramalho Barbosa, T., & Ferreira Wanderley da Silva, S. J. . (2022). Thanksgiving: proposta didática para leitura em língua inglesa no ensino fundamental. DISCURSIVIDADES, 11(2), e1122204. Recuperado de https://revista.uepb.edu.br/REDISC/article/view/999