Interações discursivas em aulas on-line de Língua Inglesa: relações dialógicas com serviços digitais

Autores

  • Wesley Pinto Hoffmann Universidade de Passo Fundo
  • Sumaya Ferreira Guedes Universidade do Estado de Mato Grosso

Palavras-chave:

Interações discursivas, Língua Inglesa, BNCC, Gêneros do discurso, Proposta de aula

Resumo

Considerando as novas formas de interação social, sobretudo, após as imposições sanitárias impostas mundialmente pela COVID-19, este estudo tem como tema e delimitação as interações discursivas mediadas por plataformas digitais no contexto de ensino de Língua Inglesa. Assumindo uma perspectiva dialógica, o objetivo deste artigo é desenvolver uma proposta de aula on-line de língua inglesa para o Ensino Fundamental com a utilização de plataformas digitais.  A fundamentação teórica está alicerçada nas contribuições de Bakhtin (2016) e Volóchinov (2017), acerca dos enunciados, gêneros do discurso e interação discursiva, respectivamente. Unimos aos pressupostos da fundamentação teórica, orientações presentes na Base Nacional Comum Curricular (BNCC, 2018), voltadas ao ensino de Língua Inglesa do Ensino Fundamental. A metodologia empregada é de uma pesquisa exploratória, bibliográfica, documental, com abordagem qualitativa de corpus. O corpus é constituído por uma proposta de aula de Língua Inglesa para o Ensino Fundamental. Os resultados permitiram evidenciar que reconhecimento da aula de língua inglesa como atividade dialógica propicia diferentes interações significativas na utilização de plataformas digitais.

Biografia do Autor

Wesley Pinto Hoffmann, Universidade de Passo Fundo

Mestrando em Letras pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade de Passo Fundo, na linha de pesquisa Leitura e Formação do Leitor. Licenciado em Letras Português, Inglês e Respectivas Literaturas pela Universidade de Passo Fundo. E-mail: wesleywph@gmail.com.

Sumaya Ferreira Guedes, Universidade do Estado de Mato Grosso

Professora e pesquisadora no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Doutora em Química pela Universidade Estadual de Campinas

E-mail: sumaya.guedes@unemat.br

Referências

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. São Paulo: Editora 34, 2016.

BRASIL. M. da E. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília: MEC/SEB/CNE, 2018. Disponível em:http://basenacio- nalcomum.mec.gov.br/wpcontent/uploads/2018/02/bncc-20dez-site. pdf. Acesso em: 24 jan. 2022.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo, RS: Feevale, 2013. Disponível em: http://www.feevale. br/Comum/midias/8807f05a-14d0-4d5b-b1ad1538f3aef538/E-book Metodologia do Trabalho Cientifico.pdf. Acesso em: 28 jan. 2022.

SOBRAL, A. Do dialogismo ao gênero: as bases do pensamento do cír- culo de Bakhtin. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2008.

VOLÓCHINOV, V. (Círculo de Bakhtin). Marxismo e filosofia da lin- guagem: Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2017.

Downloads

Publicado

20.04.2022

Como Citar

Hoffmann, W. P., & Guedes, S. F. (2022). Interações discursivas em aulas on-line de Língua Inglesa: relações dialógicas com serviços digitais. DISCURSIVIDADES, 10(1), e1012209. Recuperado de https://revista.uepb.edu.br/REDISC/article/view/951